blog com reviews para os melhores colhões para coluna

Melhor colchão para quem tem hérnia de disco? Ortopedista responde

mulher com dor nas costas por causa da hérnia de disco enquanto trabalha em casa

Os colchões desempenham um papel fundamental na qualidade do sono e na saúde da coluna vertebral, influenciando diretamente o bem-estar geral.

O mercado oferece diversas opções de colchões, tornando a escolha do modelo ideal uma tarefa complexa e desafiadora. O colchão de mola ensacada é uma das opções disponíveis, e muitas pessoas se perguntam se essa alternativa é boa para a coluna.

Embora possa ser uma excelente escolha, é fundamental considerar que o conforto e o suporte adequado à coluna dependem das necessidades e características individuais de cada pessoa.

Apesar dos benefícios potenciais dos colchões de mola ensacada, é crucial levar em conta que o impacto desses colchões na saúde da coluna pode variar conforme as preferências e necessidades de cada indivíduo.

Fatores como peso, altura, posição de dormir e condições de saúde específicas podem afetar a escolha ideal do colchão.

Falaremos neste artigo sobre o assunto. Acompanhe!

Leia também: Qual o melhor colchão segundo ortopedistas? Duro ou mole?

A hérnia de disco

A hérnia de disco é uma condição que ocorre quando parte do núcleo pulposo, o material gelatinoso no centro dos discos intervertebrais, se projeta através de uma fissura no anel fibroso externo.

Essa projeção pode comprimir as raízes nervosas adjacentes, causando dor, fraqueza, formigamento ou dormência na região da lombar.

A hérnia de disco é mais comum na região lombar da coluna vertebral, mas também pode ocorrer na região cervical e, em casos raros, na região torácica.

Essa condição afeta uma proporção significativa da população e é uma das principais causas de dor nas costas e incapacidade em todo o mundo.

Causas do desenvolvimento da hérnia de disco

A hérnia de disco pode ser resultado de diversos fatores, muitos dos quais estão relacionados ao estilo de vida e às atividades diárias. Um dos principais fatores contribuintes é o envelhecimento, que leva à degeneração natural dos discos intervertebrais.

Com o passar do tempo, esses discos perdem parte de sua elasticidade e capacidade de absorver impactos, tornando-se mais suscetíveis a fissuras e deslocamentos.

Outras causas comuns do desenvolvimento da hérnia de disco incluem movimentos bruscos e inadequados ao levantar objetos pesados, adotar posturas incorretas por longos períodos e o sedentarismo.

A obesidade também é um fator de risco, uma vez que o excesso de peso pode aumentar a pressão sobre a coluna vertebral e os discos intervertebrais

Os pontos ideais do colchão para quem tem hérnia de disco são aspectos cruciais para garantir o máximo de conforto e alívio durante o sono.

Para pessoas que sofrem dessa condição, é fundamental analisar com cuidado as características do colchão, a fim de encontrar um equilíbrio adequado entre suporte e conforto. Esses pontos incluem:

  • Avalie a melhor densidade;
  • Considere as medidas;
  • Observe o selo do INMETRO;
  • Evite os colchões “ortopédicos”.

Neste artigo, abordaremos brevemente cada um desses pontos, destacando sua importância no contexto da hérnia de disco.

Compreender essas características ajudará na escolha do colchão ideal, contribuindo para um sono reparador e reduzindo a probabilidade de agravar os sintomas relacionados à hérnia de disco.

Fique atento aos próximos tópicos para saber mais sobre os pontos ideais do colchão para quem enfrenta essa condição.

Avalie a melhor densidade

A densidade do colchão é um fator crucial a ser considerado, principalmente para pessoas com hérnia de disco. A densidade adequada proporcionará o suporte necessário para a coluna, distribuindo o peso de forma uniforme e ajudando a evitar o agravamento dos sintomas.

É importante testar diferentes densidades e consultar um profissional de saúde para determinar a melhor opção de acordo com seu peso, altura e condição específica.

Considere as medidas

As medidas do colchão também são importantes, pois afetam o conforto e o suporte oferecidos durante o sono. O colchão deve ser suficientemente grande para acomodar seu corpo sem que haja compressão nas extremidades.

É fundamental que haja espaço suficiente para se mover livremente durante a noite, sem afetar a qualidade do sono.

Observe o selo do INMETRO

O selo do INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) é um indicativo de qualidade e segurança dos colchões. Verificar a presença deste selo garante que o produto atenda aos padrões estabelecidos de conforto, durabilidade e composição.

Ao adquirir um colchão com o selo do INMETRO, você terá maior confiança na qualidade do produto e na adequação às suas necessidades.

Evite os colchões “ortopédicos”

Muitas vezes, os colchões rotulados como “ortopédicos” são extremamente firmes e podem não ser a melhor opção para pessoas com hérnia de disco.

A firmeza excessiva pode causar desconforto e agravar os sintomas em alguns casos. Em vez disso, procure colchões que ofereçam o equilíbrio certo entre suporte e conforto, conforme orientação de um profissional de saúde.

Tratamento de Hérnia de Disco

O tratamento para hérnia de disco visa aliviar a dor, reduzir a inflamação e melhorar a mobilidade e a qualidade de vida do paciente. Na maioria dos casos, o tratamento é conservador e não cirúrgico.

Ele pode incluir medicamentos para dor e inflamação, fisioterapia, exercícios específicos para fortalecimento e alongamento dos músculos, e mudanças no estilo de vida, como manter um peso saudável e evitar posturas inadequadas.

O uso de técnicas de relaxamento, como meditação e respiração profunda, também pode ser útil no alívio da dor e no controle do estresse associado à condição.

A importância dos cuidados e saber qual melhor colchão para coluna

Escolher o colchão certo é fundamental para a saúde da coluna vertebral, pois um bom colchão oferece suporte adequado, alinhamento e alívio da pressão durante o sono.

Um colchão inadequado pode agravar problemas existentes na coluna, enquanto um colchão adequado pode ajudar a prevenir o desenvolvimento de problemas futuros.

Além do mais, o colchão certo pode contribuir para uma melhoria significativa na qualidade do sono, proporcionando mais energia e disposição durante o dia.

É essencial realizar pesquisas e testar diferentes tipos de colchões antes de fazer uma escolha final. Considerar as recomendações de profissionais de saúde, como fisioterapeutas e ortopedistas, pode ajudar na seleção do colchão ideal.

Os cuidados com a coluna não devem ser negligenciados, e investir em um colchão de qualidade é uma das melhores maneiras de garantir o bem-estar e o conforto a longo prazo.

Como um colchão afeta a coluna?

Um colchão tem um impacto direto na saúde da coluna vertebral, influenciando a postura e o alinhamento da coluna durante o sono. Um bom colchão proporciona suporte suficiente para manter a coluna em uma posição neutra, evitando tensões e pontos de pressão excessivos. Além disso, um colchão adequado permite que os músculos relaxem e se recuperem durante a noite, reduzindo a fadiga e a dor muscular.

Por outro lado, um colchão inadequado pode contribuir para o desenvolvimento ou agravamento de problemas na coluna, como desalinhamentos, dores nas costas e hérnias de disco.

Um colchão muito firme ou muito macio pode causar pressão indevida em áreas específicas da coluna, resultando em desconforto e possíveis complicações a longo prazo.

Melhor colchão para Hérnia de Disco Lombar

Colchão Ortobom Freedom

Melhor custo benefício

Herval Imperatore Eco Bamboo

Nossa Indicação

Castor Black & White Air Double Face

Mais bem avaliado

Colchão Emma Premium Hybrid

Melhor durabilidade

Colchão Emma Original

Colchão Magnético SLIM Com Controle

Colchão Espuma D33 – BF Colchões

Colchão Ortobom Spring Pocket

Colchão ZipFlex Molas Premium

Para pessoas com hérnia de disco lombar, a escolha do colchão certo é ainda mais crucial, pois um colchão inadequado pode agravar os sintomas e causar dor adicional.

O melhor colchão para essa condição deve oferecer um equilíbrio entre suporte e conforto, aliviando a pressão na área afetada e promovendo o alinhamento adequado da coluna.

Colchões de mola ensacada, látex ou espuma de alta resiliência são algumas opções a serem consideradas, pois esses materiais tendem a se adaptar melhor à forma do corpo, distribuindo o peso de maneira uniforme e proporcionando o suporte necessário.

No entanto, é essencial testar diferentes colchões e consultar profissionais de saúde especializados para determinar a melhor opção para cada indivíduo, considerando as necessidades e preferências específicas.

Espuma

Colchões de espuma são uma opção popular e acessível no mercado. Eles oferecem suporte e conforto variáveis, dependendo da densidade e da qualidade da espuma utilizada. Algumas espumas, como a viscoelástica (memória), adaptam-se ao contorno do corpo, proporcionando alívio da pressão e apoio adequado à coluna.

Ao escolher um colchão de espuma, verifique a densidade e a qualidade do material para garantir uma boa noite de sono e um suporte eficiente para a coluna.

Mola

Colchões de mola são conhecidos por sua durabilidade e suporte. Os colchões de mola ensacada, em particular, oferecem um excelente apoio à coluna, graças às molas individuais que se ajustam ao corpo e distribuem o peso de forma uniforme.

Essa característica pode ser especialmente benéfica para pessoas com problemas na coluna, como hérnias de disco. Contudo, é importante testar diferentes modelos de colchões de mola para encontrar o nível de firmeza e suporte mais adequado às suas necessidades.

Látex

Colchões de látex são conhecidos por sua capacidade de adaptação ao contorno do corpo, oferecendo um suporte firme e confortável à coluna. Além disso, os colchões de látex são resistentes a ácaros e bactérias, contribuindo para um ambiente de sono mais higiênico.

Essa opção pode ser uma boa escolha para quem busca um colchão com propriedades naturais, hipoalergênicas e um equilíbrio entre conforto e suporte para a coluna.

Ortopédico

Colchões ortopédicos são frequentemente associados a um alto nível de firmeza, o que pode ser benéfico para algumas pessoas com problemas na coluna. No entanto, é importante lembrar que um colchão excessivamente firme pode causar desconforto e agravar os sintomas em alguns casos.

Ao considerar um colchão ortopédico, consulte um profissional de saúde e teste diferentes modelos para determinar se essa opção é a melhor escolha para suas necessidades e condições específicas.

Outras formas de cuidar da coluna

Travesseiro

O travesseiro desempenha um papel importante no suporte à coluna durante o sono, especialmente para pessoas com hérnia de disco. Um travesseiro adequado deve manter a cabeça e o pescoço alinhados com a coluna, evitando tensões e desconforto.

A altura e a firmeza do travesseiro devem ser ajustadas de acordo com a posição de dormir e as preferências individuais. Travesseiros de espuma de memória ou látex são boas opções, pois se adaptam ao contorno do pescoço e da cabeça, proporcionando suporte e conforto.

Posição em que você dorme

A posição em que você dorme pode afetar significativamente a saúde da coluna e o alívio dos sintomas da hérnia de disco. Dormir de costas é geralmente considerado a melhor posição para a coluna, pois mantém o alinhamento natural e reduz a pressão nos discos intervertebrais.

Se você prefere dormir de lado, usar um travesseiro entre as pernas pode ajudar a manter o alinhamento da coluna e aliviar a pressão nos quadris e na região lombar. Evite dormir de bruços, pois essa posição pode forçar a coluna e causar dor adicional

Dicas extras para a saúde da coluna

Evitar esforços repetitivos

Esforços repetitivos, como levantar e carregar objetos pesados de maneira inadequada, podem contribuir para o desenvolvimento ou agravamento de problemas na coluna, como a hérnia de disco. É importante aprender e utilizar técnicas corretas de levantamento e movimentação de carga, como dobrar os joelhos e manter a coluna reta.

Priorizar boa postura e ergonomia enquanto trabalha

Manter uma boa postura e garantir um ambiente de trabalho ergonômico são essenciais para prevenir problemas na coluna e promover a saúde geral do corpo. Certifique-se de que sua cadeira ofereça suporte adequado para a região lombar e mantenha seus pés apoiados no chão.

Ajuste a altura da mesa e do monitor para que fiquem na altura dos olhos, evitando inclinar a cabeça para baixo ou para cima. Além disso, faça pausas frequentes para se levantar e se movimentar, alongando-se e mudando de posição para evitar a tensão na coluna.

Sendo assim, cuidar da saúde da coluna é essencial para garantir uma vida confortável e livre de dores.

Pessoas com problemas na coluna, como hérnias de disco, devem prestar atenção especial à escolha do colchão, travesseiro e postura ao dormir e trabalhar. Lembrando que a escolha do colchão deve ser feita de acordo com as necessidades e preferências individuais.

Colchão de mola ensacada é bom para a coluna, mas é importante testar diferentes tipos de colchões e consultar profissionais de saúde especializados para determinar qual é a melhor opção para cada indivíduo.

Perguntas Frequentes:

Qual a melhor densidade de colchão para quem tem hérnia de disco?

A densidade ideal do colchão para quem tem hérnia de disco varia de acordo com o peso, a altura e as preferências pessoais do indivíduo. Um colchão com densidade adequada proporciona um equilíbrio entre suporte e conforto, aliviando a pressão na área afetada e promovendo o alinhamento adequado da coluna.

Ao escolher um colchão, teste diferentes densidades e consulte um profissional de saúde especializado para determinar a melhor opção para suas necessidades específicas.

Qual a melhor forma de dormir para quem tem hérnia de disco?

A melhor posição para dormir para quem tem hérnia de disco é aquela que proporciona alívio da dor e mantém o alinhamento adequado da coluna.

Em geral, dormir de costas com um travesseiro de suporte sob os joelhos é considerado uma posição favorável, pois reduz a pressão na região lombar.

Se dormir de lado, colocar um travesseiro entre as pernas pode ajudar a manter o alinhamento da coluna e aliviar a pressão nos quadris e na região lombar. Evite dormir de bruços, pois essa posição pode forçar a coluna e agravar os sintomas da hérnia de disco.

Posts Relacionados